Para compreender onde são encontrados os Corpúsculos de Howell-Jolly primeiro é preciso saber do que se trata. Os corpúsculos de Howell-Jolly são fragmentos remanescentes de material nuclear derivados da desintegração do núcleo dos eritroblastos. Esses corpúsculos são arredondados, pequenos e basofílicos, e estão presentes no interior das hemácias, normalmente, um corpúsculo por hemácia.


De maneira geral, esses corpúsculos são removidos pelos macrófagos no baço, por isso a presença dessas inclusões é comum em pacientes que tiveram o baço removido, ou seja, em pacientes esplenectomizados. Além disso, os corpúsculos de Howell-Jolly também podem ser encontrados nas hemácias de pacientes com anemia falciforme, bem como nas anemias hemolíticas e megaloblástica.

Também é importante perceber de que forma estes corpúsculos podem aparecer em exames clínicos. Veja o exemplo abaixo:


Paciente do sexo masculino, 70 anos


Resultado do hemograma:

- Leucócitos: 6.000/uL

- Hemácias: 1.900.000/uL

- Hemoglobina: 7,5 g/dL

- Hematócrito: 23%

- VCM: 120 fL

- HCM: 40 pg

- CHCM: 33 g/dL

- RDW: 25%

- Plaquetas: 128.000/uL

Leitura do esfregaço:

- Leucócitos com morfologia normal;

- Acentuada anisocitose com macrocitose;

- Moderada poiquilocitose com presença de esquizócitos e hemácias em alvo;

- Presença de 6 eritroblastos em 100 leucócitos contados;

- Presença de corpúsculos de Howell-Jolly.

Visão geral do baço


Para ficar mais claro veja como é a estrutura formada no baço e perceba em qual parte do órgão o corpúsculo de howell-Jolly se encontra.


Segundo a estrutura e função, o baço é como se fosse dois órgãos. A polpa branca, formada por bainhas linfáticas periarteriais e centros germinais, age como um órgão imunitário. A polpa vermelha, constituída de macrófagos e granulócitos revestindo os espaços vasculares, ou seja, cordas e sinusoides, atua como órgão fagocitário.

Polpa Branca


É o local de produção e maturação das células B e células T. As células B no baço geram anticorpos humorais protetores; em certos distúrbios autoimunes como por exemplo, ITP, anemias hemolíticas imunes com teste de Coombs positivo. Autoanticorpos inapropriados para elementos sanguíneos circulantes também podem ser sintetizados.

Polpa Vermelha


Responsável por remover bactérias revestidas por anticorpos, eritrócitos senescentes ou defeituosos e células sanguíneas revestidas por anticorpos, como pode ocorrer em citopenias imunes, como em ITP, anemias hemolíticas imunes, teste de Coombs positivo, e algumas neutropenias.


A polpa vermelha também serve como reservatório para elementos sanguíneos, em especial leucócitos e plaquetas. Em alguns animais, o baço pode se contrair nos momentos de anemia grave e ocorre uma "autotransfusão" de eritrócitos; não está claro se essa "autotransfusão" acontece nos seres humanos. Durante essa seleção e captação de eritrócitos, o baço remove corpos de inclusão, como corpúsculos de Heinz (precipitados de globulina insolúvel), corpos de Howell-Jolly (fragmentos nucleares) e os núcleos todos; assim, após a esplenectomia ou em estado funcionalmente hipoesplênico, os eritrócitos com essas inclusões aparecem na circulação periférica.

Pode haver hematopoiese se a lesão na medula óssea como por exemplo, fibrosa ou tumoral, permitir que as células-tronco hematopoiéticas circulem e repovoem o baço adulto.


Asplenia


Asplenia é a perda da função esplênica decorrente de:

Ausência congênita do baço;

Remoção cirúrgica do baço (esplenectomia);

Ausência funcional do baço.

Se você atua como biomédico (a) e deseja ampliar seu conhecimento se posicionar melhor no mercado de trabalho, então, esse é o momento certo para você começar sua especialização em Hematologia Clínica e Banco de Sangue na Incursos. Aperfeiçoe suas técnicas profissionais e se destaque no meio profissional.



Fonte: Tira o Jaleco e Manual MSD

Imagem: UFG