A forma de enviar currículos está se modernizando cada vez mais, para quem não conhece existe uma forma bem prática e eficaz para se destacar e interagir com empresas e profissionais de diversas áreas. O LinkedIn é semelhante ao Facebook, porém o foco maior é o campo profissional, voltado para questões de negócios.


De acordo com o biomedicina Padrão, existem 6 dicas que podem ajudar você, graduado em biomedicina ou estudante, a conquistar o emprego desejado. Como o currículo é online, a primeira dica é sempre atualizar seus dados, colocando sua especialidade, as empresas das quais trabalhou, os trabalhos realizados, como pós-graduação, mestrado e outros.

Procure sempre novas conexões, pois é por meio delas que conseguirão a vaga que tanto deseja, como por exemplo, trabalhar em hospitais, laboratórios, instituições de pesquisa, e outras áreas da profissão biomédica. É sempre bom seguir empresas, pois assim, conseguem visualizar melhor suas propostas. Dentre muitas que estão no mercado, você pode seguir a Thermo Fisher Scientific, Roche, Hospital Albert Einstein, Dasa e Fleury.

Outra dica a ser seguida é buscar produzir textos, links e imagens, no qual tenha domínio no tema tratado. Com isso irá ganhar visibilidade, dando acesso para que outras pessoas possam ver e compartilhar seu material, se destacando para as empresas da qual tem interesse.


Após a criação do LinkedIn, o usuário pode colocar no menu superior do site a vaga e a localidade que deseja. Tendo a opção de baixar o aplicativo no aparelho celular para ativar e receber notificações. O Biomédico, Bruno Câmara, faz um alerta sobre a utilização da rede, explicando que é sempre bom manter o perfil o mais profissional possível. Evitando fazer postagens pessoais que não sejam relacionadas ao que pretende transparecer para as empresas, mantendo sempre a ética.


Fonte de texto: biomedicinapadrao.com.br/2019/01/6-dicas-para-biomedicos-conseguirem-um.html" target="_blank"> biomedicinapadrao.com.br .

Fonte de imagem: wsidm.com.br