A dificuldade de engravidar pode acontecer por uma série de fatores que envolvem desde problemas de saúde até hábitos do dia a dia capazes de influenciar na fertilidade.

Para esclarecer o que é realmente verdade sobre as dificuldades na hora de engravidar, o UOL consultou ginecologistas e especialistas em reprodução humana sobre as principais dúvidas que podem surgir nessa hora.

Segundo Arnaldo Cambiaghi, ginecologista especialista em medicina reprodutiva e diretor do Centro de Reprodução Humana IPGO, a idade avançada e a endometriose, por exemplo, realmente dificultam a chance de ter um bebê, mas não a torna impossível.

Má alimentação, DSTs (doenças sexualmente transmissíveis) e o contato com agrotóxicos também atrapalham a chegada da gravidez, explica a ginecologista Fernanda Rodrigues, especialista em reprodução assistida do Grupo Huntington.

Veja abaixo as dúvidas esclarecidas pelos ginecologistas.

O meio ambiente influencia na fertilidade?

VERDADE - O contato com poluentes, agrotóxicos, tintas e fertilizantes é conhecido como "desregulador endócrino" por comprometer o sistema responsável por produzir os hormônios e dificultar, consequentemente, a fertilidade. Comer alimentos orgânicos ou lavar muito bem verduras e legumes pode fazer a diferença para quem quer engravidar.

O consumo de álcool, cigarro e outras drogas alteram a fertilidade?

VERDADE - Nas mulheres, o consumo dessas substâncias desregula a ovulação enquanto que nos homens diminui a quantidade de espermatozoides. Quando óvulos e espermatozoides não têm qualidade, eles não conseguem formar embriões.

A má alimentação e a obesidade interferem na fertilidade?

VERDADE - Mulheres obesas produzem mais o hormônio estradiol, proveniente das células de gordura, que podem bloquear a ovulação. Em alguns casos, basta perder peso para conseguir engravidar naturalmente. Quem quer engravidar, tem que ter uma alimentação saudável e balanceada, rica em vitaminas e proteínas porque alimentos saudáveis ajudam a melhorar a qualidade dos óvulos e dos espermatozoides.

Fazer mais sexo em um intervalo menor aumenta a chance de engravidar?

PARCIALMENTE VERDADE - Se o casal tiver de duas a três relações sexuais por semana aumentam as chances de gravidez da mesma forma que marcar o dia fértil para ter relações.

Existe dieta específica para determinar o sexo do bebê?

MITO - Não há comprovação científica sobre isso. O que decide o sexo do bebê é o espermatozoide que pode carregar o cromossomo Y (masculino) ou X (feminino) no momento da fecundação, o que ocorre de forma aleatória.

Mulheres que não menstruam não podem engravidar?

PARCIALMENTE VERDADE - A menstruação é um sinal de que a mulher mantém um ciclo normal e que provavelmente está ovulando. Se a menstruação não acontece, pode ser um sinal de que não está havendo uma boa ovulação e, com isso, não haverá chance de engravidar. No entanto, a ausência da menstruação pode ser um fato temporário e pode ter fundo emocional ou hormonal.

Certas posições sexuais aumentam a chance de engravidar?

MITO - Quando acontece a ejaculação, uma espécie de "lago" é formado dentro da vagina, criando condições para que os espermatozoides nadem até o útero para alcançar um óvulo, independentemente da posição sexual .

Fertilização in vitro é mais eficaz do que a inseminação artificial?

VERDADE - Na fertilização in vitro, o encontro do espermatozoide com o óvulo é feito em laboratório e o embrião já é colocado dentro do útero, aumentando as chances de sucesso. Já na inseminação artificial, o sêmen é introduzido dentro do útero quando a mulher está no período fértil (ovulando). No entanto, neste processo corre-se o risco de os espermatozoides não alcançarem o óvulo e não ocorrer a fecundação.

Congelar os óvulos aumenta as chances de engravidar?

PARCIALMENTE VERDADE - Congelar os óvulos é uma maneira de preservar a fertilidade, mas não garante que haja uma gravidez no futuro. No entanto, só será possível saber se os óvulos serão capazes de fertilizar no momento em que forem descongelados.

Tomar pílula por muito anos dificulta a gravidez?

MITO - O uso da pílula inibe a ovulação por um período, mas é um processo reversível que tem um prazo diferente em cada mulher para voltar ao normal. Há chances de engravidar assim que a mulher parar de tomar a pílula.

Ter DST atrapalha a engravidar?

VERDADE - As doenças sexualmente transmissíveis causam infecções na região pélvica que podem dificultar a gravidez. A clamídia (doença causada pela bactéria Chlamydia trachomatis, que atinge os órgãos sexuais e podem atravessar o colo uterino), por exemplo, inflama as tubas uterinas e prejudica a captação dos óvulos, impedindo a formação de embriões. Porém, ao tratar as DSTs, a saúde melhora, o que pode ajudar na fecundação.

Endometriose limita as chances de gravidez?

VERDADE - A endometriose é responsável por até 30% das causas de infertilidade feminina. A doença ocorre quando há presença de tecido uterino (endométrio) fora do útero. Essa "sobra" pode chegar na cavidade abdominal, nos ovários, nas trompas e na bexiga, causando inflamações e aderências que comprometem a fertilidade. A endometriose costuma afetar mulheres nos anos reprodutivos, mas pode ser tratada.

Mulheres com mais de 35 anos têm mais dificuldade de engravidar?

VERDADE - É fato que as mulheres têm um prazo biológico para gerar bebês naturalmente. Após os 35 anos, começa a diminuir sua reserva de óvulos e os que restam têm qualidade inferior. Com isso, aumenta a dificuldade de eles serem fertilizados, ou seja, de ocorrer uma gestação.

Fonte: UOL