"Meu nitrito deu positivo no exame de urina, o que é, o que significa, é perigoso?"

O nitrato, que é derivado da nossa dieta, é encontrado na nossa urina. E quando na urina existem bactérias gram negativas, o nitrato é convertido em nitrito. Logo, quando o exame de urina acusa nitrito positivo, significa presença de bactérias. Porém, nitrito negativo não significa que a pessoa não tenha bactérias na urina. Um exame mais específico é a Urocultura. 

E preste atenção: se o exame de urina acusa hemácias associadas a leucócitos e com o nitrito positivo, possivelmente é infecção causada por bactéria

Qual o tratamento para nitrito positivo?

Você precisa passar pelo médico. Porém, possivelmente, você será tratado com antibióticos. E tem mais: Se o teu laudo traz nitrito positivo, hemácias e leucócitos, mas você não estiver sentindo nada, o teu próprio sistema de defesa pode combater a infecção. Porém, em casos de gravidez, toda infecção urinária precisa ser medicada e cuidada, pois pode atingir os rins.

Se você fez exame de urina e quer saber mais sobre este exame, leia:

INFECÇÃO URINÁRIA INFECÇÃO DO TRATO URINÁRIO (ITU)

A urocultura é um exame utilizado para diagnosticar infecções no trato urinário. (ITU). Vamos entender um pouco sobre essas infecções...

O nosso trato urinário é dividido em rins, ureteres, bexiga e uretra.

E é somente na uretra que encontraremos a microbiota normal, ou seja, presença de bactérias naturais ao homem.

Uma ITU inferior envolve a bexiga (cistite) ou a uretra (uretrite). ITU inferior vai afligir os rins (pielonefrite e glomerulonefrite)

Na maioria dos casos, a infecção inicia-se na uretra, passando à bexiga e posteriormente chegando aos rins. Se alcançar a corrente sanguínea, acontece o que conhecemos por septicemia, bactérias no sangue.

ITU é normalmente causada por bactérias Gram-negativas como a Escherichia coli, Proteus Mirabilis. Está muitas vezes associada a cálculos renais, pois essas bactérias possui potente uréase que atuando com a ureia produz amônio e torna a urina alcalina.

Klebsiella, Enterobacter, Serratia Spp e Pseudomonas aeruginosa também são bastonetes isolados e estão ligados às infecções hospitalares.

Também se associa às ITU bactérias gram-positivas Sthaphylococcus Saprofhyticus, geralmente em mulheres sexualmente ativas. A Staphylacoccus Epidermidis e alguns Enterococos são associados à pacientes hospitalizados.

Fonte: O mundo da patologia clinica