Os principais tipos de câncer de pênis são:

Carcinoma de Células Escamosas

Quase 95% dos casos de câncer de pênis se iniciam a partir das células escamosas, que se desenvolvem em qualquer lugar do pênis. A maioria destes tumores é detectada no prepúcio ou sobre a glande e são de crescimento lento. Se forem diagnosticados em estágio inicial, geralmente podem ser curados.

Carcinoma Verrucoso

É uma forma rara de tumor de células escamosas e pode ocorrer em muitas áreas da pele. O carcinoma verrucoso, também conhecido como tumor Buschke-Lowenstein, se parece muito com uma verruga benigna genital. Estes tumores tendem a ter crescimento lento, mas às vezes podem apresentar um crescimento rápido. Eles podem se disseminar para os tecidos adjacentes, mas raramente se espalham para outros órgãos.

Carcinoma In Situ

É considerado o estágio inicial do câncer de pênis de células escamosas. Neste estágio, as células cancerígenas são encontradas apenas na superfície da pele. O carcinoma in situ da glande é às vezes denominado eritroplasia de Queyrat. Quando detectado no corpo do pênis ou outras partes dos órgãos genitais é denominado doença de Bowen.

Melanoma

O melanoma é um tipo de câncer de pele que começa nos melanócitos, células responsáveis pela cor da pele e proteção do sol. Esses tumores tendem a crescer e se disseminar rapidamente e são mais agressivos do que outros tipos de câncer de pele. Os melanomas são mais frequentemente encontrados em peles expostas ao sol e raramente ocorrem em outras áreas do corpo. Menos de 2% dos cânceres de pênis são melanomas.

Carcinoma Basocelular

O carcinoma basocelular é outro tipo de câncer de pele que pode se desenvolver no pênis, representando menos de 2% dos casos de câncer de pênis. Este tipo de tumor é de crescimento lento e raramente se dissemina para outras partes do corpo

Adenocarcinoma (Doença de Paget do Pênis)

O adenocarcinoma é um tipo muito raro de câncer de pênis que se desenvolve a partir das glândulas sudoríparas da pele do pênis, podendo ser difícil distingui-los do carcinoma in situ. Inicialmente, as células cancerígenas se disseminam pela pele, depois podem invadir o tecido subcutâneo, e em seguida, se disseminam para os nódulos linfáticos.

Sarcoma

Uma pequena porcentagem dos tumores de pênis se desenvolve a partir dos vasos sanguíneos, músculo ou outras células do tecido conjuntivo do pênis e são denominadas sarcomas.

Fonte: Oncoguia