Paternidade na Área Cível: é o exame de DNA realizado para definir pagamento de pensão alimentícia e/ou guarda da criança (geralmente realizado em Laboratórios Particulares)


Paternidade Criminal: quando o exame de DNA é realizado para investigar: gravidez resultante de estupro, incesto, troca de bebês na maternidade e rapto de bebês (geralmente realizado em Laboratórios Oficiais de Genética Forense-Perícia Criminal).