O cientista George Daley, da Universidade de Medicina de Harvard, descobriu acidentalmente um gene com poder semelhante ao do personagem Wolverine. Ou seja, consegue acelerar a cicatrização de sangramento e lesões. As informações são do portal CNET. O gene se chama Lin28a. Ele se forma no organismo quando o bebê ainda está em formação na barriga da mãe. O problema é que o gene perde força ao longo do crescimento do ser humano, como se adormecesse.

Mas Daley acredita que é possível despertar esse gene em pessoas adultas. Ao fazer isso, seria possível acelerar o processo de cicatrização de tecidos, algo muito importante em cirurgias e outros processos cirúrgicos. O cientista descobriu esse poder do gene enquanto fazia experimentos sobre o câncer. Daley e sua equipe fizeram pequenos furos nas orelhas das cobaias com o gene Lin28a. Foi quando repararam que os furos se regeneraram quase instantaneamente. Então, fizeram cortes nos dedos dos pés e rasparam os pelos das costas. E o gene fez com que crescessem em uma velocidade mais rápida que a habitual.

Os pesquisadores acreditam que o gene pode estar ligado a um sistema de autorrenovação das células-tronco. Isso daria aos pacientes habilidades especiais de regeneração. "Parece ficção científica, mas Lin28a poderia ser parte de um coquetel de cura que daria aos adultos a capacidade de reparação dos tecidos", disse Daley ao CNET.

Fonte: Info Abril