Número é quase três vezes superior ao total de casos registrados no mesmo período do ano passado

O total de casos de dengue registrados na cidade de São Paulo chegou a 5 093 neste ano, quase o triplo (2,8 vezes) do registrado no mesmo período no ano passado. Quatro pessoas morreram na capital por complicações da dengue em 2014 — o dobro de óbitos causados pela doença em todo o ano passado. Segundo um levantamento divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde nesta quinta-feira, houve um aumento de 13% nas notificações de dengue nesta semana em comparação com a semana passada. A secretaria afirma que a média de crescimento das semanas anteriores foi de 20%.

A taxa de incidência da doença na cidade é de 45,3 casos para cada 100 000 habitantes, considerada baixa — o Ministério da Saúde classifica como baixa a ocorrência de 0 a 100 casos por 100 000 habitantes. O índice, porém, é superior ao registrado em 2013 em São Paulo, que foi de 23,3. O distrito com maior número de casos na capital é o Jaguaré, na Zona Oeste, com 787 e taxa de incidência de 1.578,3 casos por 100 000 habitantes. A Lapa, também na Zona Oeste, é o segundo, com 351 casos (533,9 por 100 000 habitantes).

Na Zona Norte, os bairros mais atingidos são Tremembé e Jaguará. O primeiro registra 345 notificações (174,9 por 100 000 habitantes) e o segundo, 140 (75,8 por 100 000 habitantes). A incidência também está acima da média municipal em distritos da Zona Leste, como Carrão (160,9 por 100 000 habitantes), Vila Jacuí (132 por 100 000 habitantes) e Cidade Líder (82,9 por 100 000 habitantes). Na Zona Sul, a doença avança em Santo Amaro (97,8 por 100 000 habitantes) e Campo Limpo (75,7 por 100 000 habitantes).

Fonte: Veja