Com caso confirmado nos Estados Unidos na última sexta, a MERS (Síndrome Respiratória do Oriente Médio) intriga pesquisadores e já causou 10 mortes em 2014.

São Paulo - Com o primeiro caso confirmado nos Estados Unidos na última sexta, a MERS (Síndrome Respiratória do Oriente Médio) começa a preocupar o mundo.

Em seu site, Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) já instrui cidadãos americanos com sintomas da doença que tenham viajado pela região da Península Arábica recentemente a procurarem ajuda médica.

Descoberta em abril de 2012 na Arábia Saudita, a MERS é causada por um tipo de coronavírus que gera problemas respiratórios severos, tosse e febre - segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS).

Até o momento, 12 países já registraram casos da doença - de acordo com levantamento do CDC.


Veja a notícia completa no site do EXAME.