Muitas vezes o Perito Criminal tem poucos vestígios na cena do crime. A perspicácia em procurar e analisar os detalhes é fundamental. Um fio de cabelo pode ser a pista que faltava para desvendar um crime.


Analisando este pelo em laboratório forense é possível diferenciar de fibras sintéticas e caracterizar como Pelo Humano. Caso este pelo tenha bulbo (raiz) é possível também determinar o perfil genético (DNA autossômico) individualizando o vestígio biológico, ou seja, dizendo de quem é o pelo.