A cocaína é reconhecida como um pó branco. Diversas substâncias (xilocaína, lidocaína, amido, bicarbonato etc.) tem sido misturadas à cocaína no intuito de aumentar os lucros dos traficantes.

Agora a novidade é a adição de corantes e outros produtos químicos ao Pó de Cocaína obtendo um produto colorido. Exemplo: Cocaína Ocre (enxofre e cloreto férrico), Cocaína roxa e marrom (corantes e resina).

O objetivo desta tática é dificultar o reconhecimento visual e de cães farejadores da droga além de resultado falso-negativo em testes toxicológicos preliminares.

Fonte: Revista APCF.