A identificação definitiva da partícula como resíduo de disparo de arma de fogo depende da presença simultânea de chumbo (Pb), bário (Ba) e antimônio (Sb), compondo a mesma partícula. Além disso, essa partícula deve apresentar morfologia esferoide evidenciando sua formação a partir de um processo de fusão em alta temperatura.

A técnica de análise utilizada para determinar a micromorfologia e a composição química dos resíduos é a microscopia eletrônica de varredura (MEV), acoplada com sistema de análise de raios-X por espectrometria de energia dispersiva (EDS).