Diversos seres podem parasitar o organismo humano, causando prejuízos consideráveis à saúde ou até mesmo ocasionando a morte. As doenças parasitárias humanas são, entre outras, aquelas provocadas por vírus, bactérias, protozoários e vermes.

Alguns conceitos:

Agente etiológico: agente causador da doença;
Vetor: o agente transmissor da doença;
Hospedeiro intermediário: aquele que abriga a fase assexuada/juvenil do parasita.
Hospedeiro definitivo: aquele que abriga a fase sexuada/adulta do parasita.[/p]

Doenças causadas por vírus:São chamadas viroses.

Reservatórios naturais: animais portadores do vírus (não o ser humano), mas que não o transmitem. Exemplo: a raiva, transmitida principalmente por cães, gatos e morcegos. Outros exemplos de viroses: aids, gripe, sarampo, catapora, dengue, febre amarela, caxumba, varíola, rubéola, hepatites A, B e C, poliomielite, Sars. As doenças virais podem ser transmitidas por meio de secreções (como saliva, sangue e esperma). Algumas delas podem ser prevenidas pela vacinação.

Doenças causadas por bactériasAs bactérias se instalam: Entre as células dos tecidos; nas superfícies dos órgãos; nas cavidades dos órgãos. Algumas bactérias são parasitas intracelulares obrigatórios.

Bactérias oportunistas: só causam doenças quando o sistema de defesa do hospedeiro está debilitado. Exemplos de doenças bacterianas: cólera, tuberculose, tétano, meningite meningocócica, hanseníase, botulismo, sífilis, gonorreia, febre maculosa, leptospirose, coqueluche, difteria, febre tifoide.

Tratamento das infecções bacterianas: é feito com antibióticos.

Prevenção de muitas doenças causadas por bactérias: é feita pela vacinação.

Doenças causadas por protozoários: São genericamente chamadas protozooses. Na malária, o ser humano é considerado o hospedeiro intermediário, e o mosquito, o hospedeiro definitivo no ciclo do protozoário.

Doenças causadas por vermes São genericamente chamadas verminoses. Os principais vermes que infestam o organismo humano pertencem aos filos: Platyhelminthes (vermes achatados); Nematelminthes (vermes cilíndricos). Na esquistossomose, na teníase e na filariose, o ser humano é o hospedeiro definitivo do parasita. Os hospedeiros intermediários são, respectivamente: o caramujo, o porco (T. solium) ou o boi (T. saginata) e o mosquito Culex.

Dinâmica das doenças parasitárias:Epidemia: aumento súbito de uma doença em uma população. Endemia: ocorre quando uma doença se mantém praticamente constante numa determinada região. Pandemia: acontece quando uma doença atinge mais de um continente, em uma onda epidêmica que pode se prolongar por anos. Surto: um caso particular de epidemia, em que todos os casos estão relacionados entre si.

Fonte: Rosemary Araújo