Uma boa notícia para os apreciadores de café: pesquisadores da Itália demonstraram que o consumo de café reduz o risco de câncer de fígado em cerca de 40%. Alguns dados desta pesquisa revelaram que se você beber três copos por dia da bebida, o risco deste tipo de câncer é reduzido em mais de 50%. O estudo avaliou 3.156 casos de câncer de fígado registrados em 16 estudos realizados entre 1996 e 2012.

O Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) alerta que o câncer de fígado é a nona principal causa de morte por câncer nos Estados Unidos e a terceira principal causa de morte por câncer no mundo. Segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA), o carcinoma hepatocelular é a forma mais comum desse tipo de câncer, e os homens são acometidos aproximadamente três vezes mais que as mulheres.

A cirrose hepática participa da origem de metade dos casos de hepatocarcinoma. A cirrose, por sua vez, está associada ao alcoolismo ou à hepatite crônica, cuja causa mais comum é a infecção pelos vírus das hepatites B ou C. Para não desenvolver cirrose hepática é preciso controlar a quantidade de álcool ingerida, nunca ultrapassando duas doses por dia. Já a transmissão do vírus da hepatite B pode ser prevenida pela vacinação.

Os resultados deste estudo reafirmam descobertas anteriores sobre os benefícios do consumo do café para a saúde. "O efeito favorável do café sobre o câncer de fígado pode ser explicado através de um efeito comprovado da bebida na prevenção do diabetes, um fator de risco conhecido para este tipo de câncer, além disso, o café parece causar efeitos benéficos sobre a cirrose e enzimas hepáticas", disse o Dr. La Vecchia, um dos autores da pesquisa.

Fonte:Portal do Coração