Diversas dores, inclusive nas costas, podem ter origem nos desvios posturais e na pisada errada.

O fato é que, raramente, relacionamos alguma delas ao esforço que fazemos em atividades rotineiras. Um simples caminhar, por exemplo, pode desencadear dores na coluna quando temos algum desvio postural ou qualquer problema em nossos pés, joelhos ou quadris.

A explicação é simples:

Os pés são a base do alinhamento e sustentação do corpo, por isso, quando pisamos errado, geramos um desequilíbrio corporal. A consequência é uma série de problemas posturais, de saúde, e dores. "Aquelas sentidas nas costas lideram as queixas", diz Dr. Victor Marcassa Neto, fisioterapeuta com especialização em fisioterapia ortopédica, traumatológica e desportiva, com formação em Podoposturologia.

Mas, segundo ele, esse desajuste que compromete a região lombar, o quadril, os joelhos, os tornozelos e os pés pode ser restabelecido com uma reprogramação postural, feita com palmilhas. Chamada de Podoposturologia, "a técnica pode tanto prevenir como curar os mais diversos tipos de problemas provenientes da pisada errada, entre eles, os de coluna", ressalta.

O que é a Podoposturologia? Técnica francesa da área da fisioterapia que tem como objetivo reeducar e realinhar a estrutura do corpo com o uso de palmilhas posturais e/ou ortopédicas.

Indicação - as palmilhas podem ser usadas por crianças, idosos, sedentários e atletas, em qualquer tipo de calçado (inclusive tênis de corrida, sandálias e sapatos de salto).

Tipos de problemas tratados - Todos aqueles que estão ligados à reeducação postural, como: Desníveis da bacia, dores na região cervical, lombar e dorsal da coluna, dores irradiadas para pernas e braços, pubalgias, hérnias de disco e/ou protusões discais na coluna, síndromes musculares e fasciais, síndromes fêmuro-patelares, artrose, artite, alterações morfológicas da coluna vertebral (cifose, hiperlordose e escoliose), dentre outras.

Fonte: Revista Corpore